O que é GEE?

Componente gasoso da atmosfera, natural ou antropogênico, que absorve e emite radiação em comprimentos de onde específicos dentro do espectro de radiação infravermelha emitida pela superfície da Terra, pela atmosfera e pelas nuvens.

Os gases internacionalmente reconhecidos como gases de efeito estufa regulados pelo Protocolo de Kioto são: Dioxido de Carbono (CO²), Metano (CH4), Óxido Nitroso (N2O),

Hexafluoreto de Enxofre (SF6) e duas famílias de gases, Hidrofluorcarbono (HFC)  e Perfluorcarbono (PFC)

O dióxido de carbono (CO2), o metano e o óxido nitroso são os mais importantes. Devido à quantidade com que é emitido, o CO2 é o gás que tem maior contribuição para o aquecimento global. O tempo de permanência deste gás na atmosfera é, no mínimo, de cem anos. Isto significa que as emissões de hoje têm efeitos de longa duração, podendo resultar em impactos no regime climático ao longo de vários séculos.

A quantidade de metano emitida para a atmosfera é bem menor, mas seu potencial de aquecimento é vinte e uma vezes superior ao do CO2. No caso do óxido nitroso e dos clorofluorcarbonos, suas concentrações na atmosfera são ainda menores. No entanto, o “poder estufa” desses gases é 310 e até 7.100 vezes maior do que aquele do CO2.