Evitar riscos a todos os envolvidos no Carnaval é o principal objetivo das normas que serão criadas para Carros Alegóricos.


Com o objetivo de discutir a Normalização de carros alegóricos, compreendendo desde o seu projeto inicial, construção, operação e manutenção, envolvendo assim seus aspectos
estruturais, elétricos, de mobilidade e qualificação dos profissionais envolvidos, a ABNT instalou a Comissão de Estudo Especial de Carros Alegóricos (ABNT/CEE-233).

Devido à importância do assunto para a sociedade e para contribuir com a diminuição de riscos, garantindo assim, uma operação dentro de padrões aceitáveis de segurança, a reunião aconteceu no auditório da ABNT, no Rio de Janeiro, e contou com a participação de representantes de entidades como o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Liga das Escolas de Samba de São Paulo (Liga SP), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea RJ), Instituto de Tecnologia MHC, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet RJ) e Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac).

Em pauta, três textos-base já foram sugeridos para serem discutidos pelos participantes da Comissão, são eles:

TEXTO-BASE 233:000.000-001 , Carros Alegóricos – Terminologia e Classificação        

TEXTO-BASE 233:000.000-002 , Carros Alegóricos – Produção

TEXTO-BASE 233:000.000-003 , Carros Alegóricos – Operação

Em paralelo aos trabalhos da Comissão, estão sendo realizados pelo Inmetro, painéis setoriais, que discutem sobre Normas Técnicas como ferramenta de suporte à segurança de Carros Alegóricos.

Vale ressaltar que a participação nas Comissões de Estudo e Comitês Brasileiros da ABNT é voluntária e aberta a qualquer interessado. Para participar da ABNT/CEE-233 envie um email para antonio.cordeiro@abnt.org.br">antonio.cordeiro@abnt.org.br.

Sobre a ABNT

    A ABNT é o Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela gestão do processo de elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission (IEC), influenciando o conteúdo de normas e procurando garantir condições de competitividade aos produtos e serviços brasileiros, além de exercer seu papel social. Além disso, a ABNT também é um Organismo de Avaliação da Conformidade acreditado pelo Inmetro para a certificação de diversos produtos, sistemas e programas ambientais, como o rótulo ecológico e a verificação de inventários de gases de efeito estufa.


Assessoria de Imprensa
Monalisa Zia
imprensa@abnt.org.br
11 3017.3660