O Selo de Qualidade Fundi/RS, lançado em 2007, pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Eletro e Eletrônico de São Leopoldo, em parceria com o Sebrae, Unisinos  e Senai complementou o time com mais um nome de peso, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Por meio desse convênio, as micro e pequenas empresas do setor metalmecânico da fundição do Estado terão maiores desafios para garantir qualidade. Segundo o gerente de Certificação da ABNT, Antonio Carlos Barros de Oliveira, a adequação às novas normas será vistoriada a cada 24 meses, por auditores, na ABNT de Porto Alegre. “O selo chegará para as empresas como reconhecimento de um trabalho bem feito”, falou Oliveira.