Para segurança de crianças e animais é comum instalarmos redes de proteção em janelas e sacadas de apartamentos.  Mas como saber se as redes serão seguras, caso nos deparemos com uma já instalada?

Segundo o coordenador da Comissão de Estudo Especial para Redes de Proteção para Edificações (ABNT/CEE-149), José Luiz Pineda de Almeida, a melhor coisa a fazer é trocá-las. A mais utilizada, que é a rede de polietileno, por exemplo, inicialmente suporta 500 quilos por metro quadrado.  Com três anos, que é a garantia do fabricante, passa a suportar 300 quilos. Além disso, existem redes com diversas finalidades.

Para definir requisitos para fabricação e instalação das mesmas, foi instalada em junho, a ABNT/CEE -149, com o escopo de normalização no campo de redes de proteção para edificações compreendendo fabricação, instalação e manutenção no que concerne a terminologia, requisitos e ensaios.

A próxima reunião para discutir o assunto será realizada no dia 01 de setembro, no Senai, rua Anhaia, 1321 - Bom Retiro/SP,  das 9 h às 16 h. O assunto fabricação será discutido na parte da manhã e instalação na parte da tarde.

Para mais informações sobre o assunto contate o analista responsável, Rodrigo Canosa (Rodrigo.canosa@abnt.org.br).