Para agregar valor ao produto, corrigir falhas e viabilizar um projeto de fabricação de portas internas em MDF (tipo de material derivado da madeira) de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Maximino Luiz Zanoello, da Seara Componentes, de Seara (SC), apostou nos serviços gratuitos do projeto SIS, o Sistema de Inteligência Competitiva Setorial do Sebrae em Santa Catarina.

Ao receber a coletânea Normas da ABNT para portas de madeira para edificação, o empresário providenciou junto ao chefe de produção da fábrica uma série de ajustes nas portas, em respeito às regras estabelecidas pela ABNT.
 
Embora ainda não tenha mensurado o quanto as mudanças impactaram na produtividade e nas vendas da Seara Componentes, o empresário afirma ser evidente a contribuição do SIS para a adequação dos produtos da empresa às normas da ABNT. O SIS é excelente. Somos carentes de apoio e esse projeto demonstra que existem pessoas olhando por nós. Estamos sempre pagando taxas e impostos. Benefícios como esse são poucos, diz o empresário.