Essa semana, em parceria com a ISO, iremos promover uma campanha sobre eficiência energética. Será destacado o importante papel que as normas técnicas desempenham no aumento da eficiência energética, contribuindo para a redução da utilização de energia e das emissões de Gases de Efeito Estufa, em todo o mundo.

Esta data foi escolhida para ressaltar a 22ª Conferência do Clima da ONU (COP 22), que está ocorrendo em Marrocos. Os países terão a missão de começar a definir como pretendem colocar em prática os compromissos assumidos no Acordo de Paris, assinado no ano passado.

Daremos destaque para a importância da norma ISO 50001, adotada no Brasil como ABNT NBR ISO 50001 – Sistemas de gestão de energia – Requisitos com orientações para o uso, que está em revisão.

“O objetivo dessa adequação (conhecido como “high level structure - HLS”) é o de uniformizar requisitos comuns e linguagem presentes nos textos normativos. Porém, mais significativo, é o debate sobre os conceitos de melhoria contínua do desempenho energético das organizações. A ISO 50001 é a primeira norma de sistemas de gestão que apresenta requisitos específicos e mensuráveis vinculados à redução de consumo de energia e aumento de eficiência energética, diretamente associados ao combate das mudanças climáticas. Desta forma, a discussão do texto atual têm proporcionado um refinamento a respeito do significado do processo de melhoria do desempenho energético a ser demonstrado pelas organizações”, destaca Alberto J. Fossa, gestor do Comitê Brasileiro de Gestão e Economia de Energia (ABNT/CB-116).

#energyefficiency #Cop22