Acontece hoje, no Sebrae Nacional, a entrega do Prêmio ABNT de Excelência em Normalização – Categoria Pequenos Negócios, durante a realização de um Workshop, onde serão apresentados os resultados positivos obtidos entre a parceria ABNT e Sebrae, que visa incentivar e conscientizar os Pequenos Negócios sobre a importância da utilização das Normas Técnicas para o desenvolvimento de seus negócios.

Um do painéis terá o tema “Resultados para os Pequenos Negócios dos segmentos apoiados no processo de normalização”, que vai abordar os segmentos de Turismo de Aventura; Sustentabilidade em Meios de Hospedagem; Salões de Beleza; Apicultura; Indicação Geográfica; Equipamentos de ginástica e condicionamento físico.

 "A ideia de se elaborar normas para concretizar as melhores práticas na área de indicações geográficas é algo bastante inovador. Por meio das normas já publicadas e que estão sendo elaboradas, o conhecimento estará expresso, sistematizado e ao alcance de todos que tenham interesse em compreender melhor como funciona esse mecanismo de proteção. Isso particularmente é relevante para os pequenos produtores, posto que sem dúvida são aqueles que podem receber o maior benefício com a difusão deste saber e seu uso de maneira concreta, prática e aplicada ao dia a dia da estruturação e continuidade de uma indicação geográfica que venha a ser reconhecida", Kelly Lissandra Bruch, Coordenadora da ABNT/CEE-216 – Indicações Geográficas.

 

"Com 21% dos turistas internacionais interessados no turismo de natureza em nosso País, além do crescente e exigente mercado consumidor brasileiro, ter o apoio do Projeto do Sebrae e ABNT para continuidade do desenvolvimento das Normas Técnicas, com foco em segurança, traz maior fortalecimento aos pequenos negócios, bem como estimula o empreendedor a se envolver cada vez mais em contribuir voluntariamente neste processo, criando inclusive novas Normas. Atualmente, há a Norma ISO de Turismo de aventura - Sistemas de gestão da segurança (ABNT NBR ISO 21101) que foi baseada quase que integralmente na experiência brasileira, o que nos dá muito orgulho, mas traz também grande responsabilidade. Atividades seguras propiciam a vida ao ar livre com mais alegria, bem como o fortalecimento das pequenas empresas no segmento e colaboradores com maior qualidade em seus trabalhos", Leonardo Persi, Coordenador de Normalização da ABETA, que secretaria o Subcomitê Turismo de Aventura do ABNT/CB-054.

 

 "A parceria ABNT/SEBRAE foi fundamental para a geração de um ambiente interativo, participativo e representativo para as duas cadeias produtivas envolvidas, envolvendo todos os elos dos setores, que em inúmeras reuniões em várias regiões do país puderam produzir materiais técnicos referenciais, estratégicos e fundamentais para a padronização e melhoria de processos, produtos e métodos analíticos, visando o desenvolvimento dessas cadeias produtivas tão importantes para a geração de renda com preservação ambiental e conservação de nossa biodiversidade", Ricardo Costa Rodrigues de Camargo, Coordenador da ABNT/CEE-227 - Meliponicultura e ABNT/CEE-087 – Cadeia Apícola.