No mês de maio, a Fluxo e sua parceira americana FlexSteel Pipeline Technologies comemoraram o recebimento do Certificado de Conformidade de Produto da ABNT para tubos de aço flexíveis de alta resistência de 2" a 8”de diâmetro. A conquista tornou a FlexSteel a única fabricante de tubos flexíveis  certificada no Brasil.

Fabricados em Baytown, no Texas, os tubos flexíveis da FlexSteel obedecem aos requisitos de normas reconhecidas globalmente como a API–17J, API-15S e API-Q1, e são capazes de suportar pressões de até 3.000 psi. Além do certificado brasileiro, a FlexSteel está também certificada nos Estados Unidos (ISO – 9001e Lloyd’s Register EN–13628-2 e EN–13.628-11), Canadá (CSA -2662), América Latina (ICONTEC) e Federação Russa (FSETAN).

Com tecnologia aprimorada em mais de 30 anos de experiência em aplicações offshore de alta severidade, em 2003 a FlexSteel iniciou a fabricação de dutos flexíveis para utilização terrestre e para águas rasas de até 100 metros de profundidade, destinados ao escoamento de óleo, gás e água, além de injeção de água salgada, gás e CO² em campos de produção.

Face à sua malha interna em aço carbono, revestida interna e externamente por PEAD (polietileno de alta densidade), os tubos FlexSteel apresentam uma elevada tolerância a danos e resistência à abrasão, não estando sujeitos à corrosão interna ou externa, dispensando, portanto, tratamentos anticorrosivos e proteção catódica, o que propicia custos de operação e manutenção muito reduzidos.

Submetidos a rigorosos testes de controle de qualidade na própria fábrica e no campo, após  sua instalação, os tubos flexíveis FlexSteel são fornecidos em bobinas ou serpentinas de até 2mil metros de comprimento para tubos de 2” de diâmetro ou de cerca de 400m para tubos de 6”, o que permite a substituição de centenas ou milhares de soldas por um pequeno número de conectores de aço inoxidável, com a consequente redução do prazo de construção em 40 a 80%, e do valor do investimento na ordem de 20%.

Mais de 8 mil km destes tubos já foram fabricados e instalados em 31 países, inclusive no Brasil, onde a Petrobras utiliza cerca de 150 km de tubos FlexSteel em Urucu, na Região Amazônica.

Conforme destacou Roberto Bastos da Silva Jr, gerente Executivo de Engenharia &Sistemas e Serviços da Fluxo,  “o intenso trabalho da própria ABNT, da FlexSteel e da Fluxo tornou possível a disponibilização deste importante instrumento tecnológico para as demandas dos setores de produção, transporte e distribuição de gás natural do Brasil, promovendo agilidade e economicidade nos novos projetos de dutos, vitais para o desenvolvimento e fortalecimento do mercado brasileiro de óleo & gás”.  

Sobre esta importante certificação, o diretor Adjunto de Certificação da ABNT, Antonio Carlos Barros de Oliveira, destacou também que “ a certificação de produtos caminha passo a passo com a evolução tecnológica. Novos materiais e novas tecnologias são desenvolvidas e a demanda por segurança, confiabilidade, desempenho e preservação do meio ambiente são solicitadas pelo mercado e pelo cliente final, cada dia mais exigentes. A ABNT, como organismo certificador, contribui para realizar o processo de certificação de maneira consistente, atendendo às normas, regulamentos e legislação, visando a conformidade do produto e a satisfação dos stakeholders.”