A ABNT participou do Cibe Brazil 2017 - Congresso Internacional de Bombeiros e Emergências, realizado de 13 a 15 de setembro, no Centro de Convenções da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás.

Logo no primeiro dia foi ealizada uma mesa-redonda com o tema “A importância das normas técnicas para apoiar a regulamentação técnica”, com a coordenação de Carlos Santos Amorim Junior, diretor de Relações Externas, da ABNT; José Carlos Tomina, superintendente do Comitê Brasileiro de Segurança Contra Incêndio (ABNT/CB-024) e Anderson Queiroz, representante da NFPA.

S
imultaneamente ao Congresso, foi realizada também a Feira Internacional de Prevenção de Incêndios e Emergências (FIPIE), com expositores de várias partes do mundo, que ocuparão um espaço de 32 mil metros quadrados.

A programação incluiu o I Encontro de Proteção Ativa e Passiva, abordando soluções inovadoras incorporadas ao sistema construtivo; a Assembleia Anual da Organização dos Bombeiros Americanos, reunindo 28 entidades internacionais; o VI ENAVSEG - Encontro Nacional de Aviação de Segurança Pública; e a Copa OBA, a maior competição de bombeiros das Américas, com mais de 900 participantes especialistas em incêndio e salvamento.

Também no dia 13, a ABNT coordenou um workshop, onde profissionais do setor puderam se atualizar e debater sobre os temas apresentados em cinco palestras:

1) Situação atual e tendências da normalização para detecção e alarme de incêndio - com Ademir P. Santos - Training Specialist Supervisor | Latin America – HSF - Honeywell | Security and Fire, Membro da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e coordenador da Comissão de Estudo de Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024); 

 

2) Controle das características de reação ao fogo de materiais nas edificações/Regulamentação, normalização e perspectivas de certificação - com Antônio Fernando Berto - Responsável pelo Laboratório de Segurança ao Fogo e Explosões do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e coordenador da Comissão de Estudo de Reação ao Fogo dos Materiais do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024);

 

3) O desafio da certificação: como o setor de sprinklers está enfrentando a questão - com Marcelo Lima – Diretor geral do Instituto Sprinkler Brasil (ISB), FM Global e coordenador da Comissão e Estudo de Proteção contra Incêndio por Chuveiros Automáticos do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024) e Felipe Decourt – Skop Indústria e Comércio de Aparelhos contra Incêndio e Vice Presidente da Associação Brasileira de Sprinklers (ABSpk);

 

4) ABNT NBR 12693:2013 – Sistemas de proteção por extintores de incêndio /Fogos tridimensionais / Certificação de produtos - com Nercio Souza – Presidente da Associação Brasileira das Indústrias de equipamentos contra Incêndio e cilindros de alta pressão (Abiex) e da Bucka Indústria e Comércio Ltda; e

 

5) Mangueiras de incêndio, mangotinhos e sistemas de espuma - com Marcelo Tomaz - Inmasp  - Indústria e Comércio de Equipamentos contra incêndio e membro do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024),  Patrick Chen – Bucka Indústria e Comércio Ltda e membro da Comissão de Estudo de Mangueiras de Combate a Incêndio e Acessórios e da Comissão de Estudo de Líquido gerador de Espuma (LGE) para Extinção de Incêndio do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024) e Nercio Souza – Presidente da Associação Brasileira das Indústrias de equipamentos contra Incêndio e cilindros de alta pressão (Abiex) e da Bucka Indústria e Comércio Ltda.


As normas técnicas de interesse do público do Cibe Brazil são elaboradas no âmbito do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (ABNT/CB-024), que responde pela normalização compreendendo fabricação de produtos e equipamentos, bem como projetos e instalação de prevenção e combate a incêndio e serviços correlatos; análise e avaliação de desempenho ao fogo de materiais, produtos e sistemas dentro dos ambientes a eles pertinentes; medição e descrição da resposta dos materiais, produtos e sistemas, quando submetidos a fontes de calor e chama, sob condições controladas de laboratório, no que concerne a terminologia, requisitos, métodos de ensaio e generalidades.

A área de segurança também se destaca entre os programas de certificação da ABNT, diante da exigência de certificações nacionais e internacionais para produtos e equipamentos que compõem um sistema de combate a incêndio. Atualmente, a ABNT certifica os seguintes produtos: portas corta-fogo; sprinklers; extintores de incêndio; mangueiras de incêndio; barras antipânico; sinalização de segurança; líquido gerador de espuma; e sistemas de extinção.