O Comitê Técnico da International Organization for Standardization (ISO/TC-309) que discute a criação de um padrão para blockchain se reúne em Tóquio, no Japão, entre 14 e 17 de novembro.

Representantes de mais de 30 países participam do evento. Pelo Brasil, estará presente o empresário Yoshimiti Matsusaki, CEO da Finnet e membro do Comissão de Estudo Especial para o tema na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A empresa foi indicada pela Comissão de Estudo da ABNT e será a única a representar o País neste encontro.

Matsusaki deve, ainda, visitar provedores de soluções tecnológicas japonesas já atuantes neste mercado, a fim de pesquisar e entender o que pode ser desenvolvido e bem aproveitado no Brasil por bancos e companhias na relação com moedas virtuais. “Este deve ser um próximo grande ciclo de investimento no País”, diz.

A Finnet é reconhecida pelo desenvolvimento de ferramentas e softwares exclusivos para fluxo dos dados financeiros em diversas áreas, pioneira no desenvolvimento de soluções que integram dados e facilitam o processo de gestão. Está interligada a mais de 40 instituições financeiras no Brasil e no mundo - trafega, anualmente, mais de 5,6 milhões de arquivos e processa cerca de 75 milhões de transações em seus produtos. Tem sede em São Paulo e filiais em Barueri, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Porto Alegre e em Melbourne (Flórida/EUA).