Por Roberval Bulgarelli       

Os motores elétricos que acionam as bombas, ventiladores, compressores e outras máquinas são responsáveis por cerca de metade de toda a energia elétrica utilizada no mundo, de acordo com estudos realizados pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency) - IEA).

Por este motivo muitos países já providenciaram ou estão elaborando Programas sobre Eficiência Energética para motores elétricos, estabelecendo requisitos de eficiência energética mínima para este tipo de equipamento elétrico.

Embora tais programas estejam atualmente sendo elaborados com base nas Normas Técnicas Internacionais da International Electrotechnical Commission (IEC) para métodos de ensaios e classificação dos Índices de Eficiência, o processo de certificação e de conformidade ainda variam entre os diversos países, incluindo diferentes normas de ensaios, diferentes formas de acreditação dos laboratórios de ensaios e diferentes requisitos de amostragem e de etiquetagem.

Para harmonizar os diferentes programas nacionais de Eficiência Energética de Motores, o sistema internacional de avaliação da conformidade de equipamentos e componentes eletrotécnicos (IEC System for Conformity Assessment Schemes for Electrotechnical Equipment and Components - IECEE) elaborou um Programa Global de Eficiência Energética de Motores (Global Motor Energy Efficiency Programme - GMEE), com o objetivo de abordar as diversas barreiras técnicas criadas por estes diferentes regulamentos nacionais.

O IECEE é um sistema internacional de avaliação da conformidade, tendo como base as normas técnicas internacionais da IEC, que aborda os aspectos de segurança, qualidade, eficiência e desempenho geral de equipamentos e dispositivos elétricos e eletrônicos, constituído por 53 países participantes (até 01/2018), incluindo o Brasil.

O GMEE também tem como objetivo representar uma forma de estabelecer um programa globalmente harmonizado. Este Programa Global da IEC foi elaborado a partir de uma forte fundamentação técnica, tendo como base:

  • Um método internacional reconhecido de ensaio de eficiência energética de motores, conforme a Norma Técnica IEC 60034-2-1 - Máquinas elétricas girantes – Parte 2-1: Métodos padronizados para a determinação das perdas e da eficiência por meio de ensaios - Edição 2.0 (2014), a qual incluiu a determinação das perdas residuais ou suplementares;
  • Um único formato padronizado de relatório de ensaios;
  • Processos comuns de certificação, tendo como base as Normas internacionais da Série ISO/IEC 17000 (Avaliação da Conformidade), utilizadas no Sistema IECEE.


Mais informações sobre este programa global da IEC estão disponíveis em:

http://www.iec.ch/about/brochures/pdf/conformity_assessment/IECEE_Global_Motor_Energy_A4_Pt_LR.pdf

*Roberval Bulgarelli é consultor técnico e engenheiro sênior da Petrobras – Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão (RPBC); coordenador do Subcomitê SC 31 do Cobei (ABNT/CB-003); representante do Brasil no TC 31 da IEC e no IECEx (Explosive Atmospheres).