Crédito: Moacir Gois.


A ABNT participou no último dia 14, da 55ª edição do Café com Sustentabilidade, organizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O encontro teve como objetivo apresentar o novo modelo para análise de financiamentos de projetos de energia solar fotovoltaica derivado do projeto que contou com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e patrocinado pela Febraban.

O estudo Febraban ‘Financiamento para energia solar fotovoltaica em geração distribuída’, que serviu de base para o modelo e em breve estará disponível no site da Febraban, foi elaborado pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGVces), com o apoio da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e do BID.

A ABNT marcou presença, com a representante da área de sustentabilidade Renata Menezes, que apresentou os critérios de certificação para Provedores de Tecnologia de Eficiência Energética, que engloba o setor de solar fotovoltaico. A metodologia foi desenvolvida dentro do projeto Energy Savings Insurance (ESI), em parceria do BID, e visa a redução de riscos no processo de financiamento de projetos de eficiência energética. Desta forma, busca estimular o desenvolvimento de linhas de financiamento para promoção da eficiência energética no país e consequente combate às mudanças climáticas