Foi publicada a Norma Internacional ISO 20611 – Turismo de aventura – Boas práticas de sustentabilidade – Requisitos e recomendações, desenvolvida no âmbito do grupo de trabalho ISO/TC 228 – WG 7 – Adventure Tourism, que atualmente é coordenado pelo brasileiro Leonardo Persi, da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta).

Segundo Persi, “a Norma ISO de requisitos e recomendações traz importantes orientações de boas práticas de sustentabilidade para o turismo de aventura, que pode ser aplicada por diferentes tipos de empresas ou organizações que oferecem atividades de turismo de aventura em todo mundo, principalmente as pequenas e microempresas. No Brasil, será uma importante ferramenta para ampliar e potencializar os produtos de turismo de aventura sustentável, nos aspectos ambiental, social ou econômico. Assim, estaremos empenhados em estimular ações alinhadas com os objetivos do desenvolvimento sustentável por meio do turismo, da Organização Mundial do Turismo, da ONU.”

No Brasil, o Comitê-Espelho da ABNT de Turismo Sustentável, coordenado por Alexandre Garrido, o qual participou ativamente do desenvolvimento desta Norma ISO, em breve realizará o estudo e posterior envio para Consulta Nacional, para que também seja publicada como Norma Brasileira (ABNT NBR ISO).