Abravidro lança programa ‘De olho no boxe’ para divulgar cuidados que se devem ter na instalação e manutenção de boxes de banheiro

Em 2015, a Abravidro deu início ao programa De olho no boxe. A iniciativa será composta por uma série de ações, com objetivo de incentivar a sociedade a conhecer e aplicar a NBR 14207, que determina os requisitos mínimos necessários para que os boxes de banheiro fabricados com vidros sejam seguros para os usuários, principalmente no que diz respeito à necessidade de manutenção preventiva do produto.

O programa é resultado das reuniões de um grupo de trabalho criado pela Abravidro e composto por grandes especialistas da cadeia produtiva vidreira. Já em sua primeira reunião, realizada em novembro do ano passado, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), a ação inicial foi definida: a elaboração de um manual de uso do boxe contendo as principais determinações da norma. Em breve, serão lançados também um site exclusivo e materiais de apoio para que os profissionais vidreiros apliquem essas obrigações em sua rotina.

Leitura obrigatória e de livre acesso

A NBR 14207 estabelece que o fornecedor do boxe tem obrigação de entregar ao seu cliente final as instruções de uso e manutenção do produto adquirido.

Como forma de facilitar e incentivar essa prática, a Abravidro lançou em fevereiro o Manual de utilização, limpeza e manutenção dos boxes de banheiro. A obra, elaborada pelo grupo de trabalho reunido pela associação, está disponível gratuitamente e com livre acesso para download no portal da Abravidro na Internet.

Duas versões do manual estão disponíveis: uma delas, fixa (PDF), preserva o texto original, seguindo rigorosamente as informações e determinações presentes na NBR 14207. As recomendações contidas nessa versão são válidas para qualquer modelo de boxe.

No entanto, alguns projetos podem exigir orientações específicas — e também é obrigação do profissional fornecê-las aos seus clientes. Pensando nisso, a associação disponibilizou o texto também em versão para alteração do manual, permitindo que os vidraceiros acrescentem ao texto original as recomendações adicionais que considerarem importantes para seus produtos e projetos. Vale a pena destacar que a Abravidro não se responsabiliza por qualquer conteúdo acrescentado ao texto.

Manutenção periódica: uma oportunidade

A obrigatoriedade de manutenção periódica do boxe estabelecida pela NBR 14207 garante a segurança do usuário do produto e também pode ser encarada como uma nova oportunidade de negócio aos vidraceiros:
Valor agregado — A entrega do manual e o contato periódico reforçam a imagem de credibilidade e profissionalismo do prestador de serviço junto ao cliente;
Novo serviço — À primeira vista, o serviço de manutenção de boxe pode não parecer vantajoso para a vidraçaria, que prefere instalar um novo produto. No entanto, se bem estudada e em larga escala, essa prestação pode ser implementada com uma estrutura mais enxuta e de menor custo, ampliando-se o portfólio da loja;
Mais vendas — A manutenção do boxe permite maior contato da empresa com o cliente, abrindo-se a chance para a venda de outros produtos. Pode-se, inclusive, estabelecer uma rotina de contato anual a cada cliente, oferecendo-lhe esse novo serviço.

É fácil baixar o ‘Manual de utilização, limpeza e manutenção dos boxes de banheiro’

1 - Acesse o portal da Abravidro (www.abravidro.org.br) e clique no bâner “De olho no boxe”;
2 - Preencha o formulário com seu nome, empresa, número de telefone e e-mail, clicando em seguida em “Enviar”;
3 - Depois, basta clicar sobre a versão desejada (arquivo fixo ou para alteração). O download de uma versão não impede o da outra, portanto, baixe as duas em seu computador.


Fonte: Revista O Vidroplano/Abravidro