A pandemia do Coronavírus tem sido desafiadora para muitas pessoas, mudando suas rotinas de maneira inédita. O impacto da doença se refletiu também na atividade econômica, que vem sofrendo perdas significativas.

Então, tocar os negócios como de costume não é uma opção para as empresas. Muitas delas, principalmente os Pequenos Negócios estão enfrentando uma fase muito difícil.

A ABNT possui uma norma que especifica requisitos para estabelecer e gerenciar um eficaz Sistema de Gestão de Continuidade de Negócios (SGCN). Trata-se da ABNT NBR ISO 22301:2013 – Segurança da Sociedade – Sistema de gestão da continuidade de negócios – Requisitos.

Um SGCN reforça a importância de entender as necessidades da organização e a imprescindibilidade de estabelecimento de política e objetivos para a gestão de continuidade de negócios; a implementação e operação de controles e medidas para a gestão da capacidade geral da organização para gerenciar acidentes de interrupção; monitoramento e análise crítica de desempenho e eficácia do SGCN; e melhoria contínua com base na medição objetiva.

A continuidade dos negócios contribui para uma sociedade mais resiliente. É possível que seja necessário envolver no processo de recuperação a comunidade em geral, assim como outras organizações, em função do impacto no ambiente organizacional.

Essa norma foi elaborada pela Comissão de Estudo Especial de Gestão de Risco (ABNT/CEE-063). Para mais informações, entre em contato com a analista responsável, Carolina Martins (carolina.martins@abnt.org.br).