Foi realizado no dia 03 de setembro, o 7º Webinar ABREN: Regulação do Combustível Derivado de Resíduos (CDR). Mario William Esper, presidente da ABNT participou da abertura do evento e fez uma breve apresentação onde explicou as atividades da ABNT e também mencionou sobre o convênio firmado recentemente com a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema), cujo objetivo é fazer uma força-tarefa para atualizar e elaborar as normas referentes aos setores de meio ambiente, resíduos e saneamento.

Além disso, em sua apresentação, Esper ressaltou que no texto base que já está em desenvolvimento para uma futura norma, existe a proposta de criar Ecoparques ou Ecocentros, que são espaços destinados a tratar e reciclar os materiais. Ainda comentou que 25 normas sobre residuos estão desatualizadas e necessitam serem revistas com urgência, para que possam atender à Lei de Liberdade Econômica, que diz que quando não existir norma ou quando esta estiver desatualizada, será adotada uma norma internacional. Como um dos objetivos da ABNT é participar mais efetivamente da normalização internacional, sendo portagonista e defendendo os interesses do Brasil, esse trabalho torna-se muito importante.

O presidente da Abren, Sr. Yuri Schmitke A. Belchior Tisi, agradeceu pela participação da ABNT e disse estar à disposição para discutir mais sobre a questão dos Ecoparques e Combustíveis Derivados de Resíduos (CDRs).

Além do presidente da ABNT, também palestrou no evento o Sr. Luiz Carlos Busato, que participou da elaboração da norma  ABNT NBR 16849 – Resíduos sólidos urbanos para fins energéticos. Em sua apresentação, Busato falou sobre o objetivo da norma, que estabelece meios para os atores da Cadeia de Custódia se organizarem, definindo quais resíduos enviar para Resíduos Sólidos Urbanos para fins Energéticos (RSUE); quais as classes de RSUEs; quais os registros e padrões de rastreabilidade; critérios de amostragem e formação de lotes, e regras básicas de uso do RSUE. Também apresentou a contribuição da norma para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O evento contou também com com os palestrantes: Ph.D. Lia Helena Demage, gerente da Divisão de Logística Reversa e Gestão de Resíduos Sólidos na CETESB; e MSc. Alfredo Carlos Cardoso Rocca, que trabalha na CETESB nas áreas de Gestão e Tecnologia do Controle da Poluição por Resíduos Sólidos, Poluição do Solo e Águas Subterrâneas e Gerenciamento de Áreas Contaminadas. Como debatedores participaram: Francisco Leme, que trabalhou em multinacionais no Brasil, Portugal, Canadá, EUA e mais 18 países. Foi diretor de coprocessamento em cimenteiras (Lafarge, Cimpor e InterCement) e diretor da IBRAM e ABESC, e Pedro Parigot,  economista e empresário, tendo sido controlador da Ambiência em Parceria com a Votorantim, responsável pelo início do coprocessamento de CDR no Brasil e pela estruturação da planta Ecoparque de triagem mecanizada para recuperação de recicláveis e CDR, em Recife – PE.

Para conferir o evento na íntegra, clique aqui.