A energia solar fotovoltaica está no foco das discussões ultimamente. Obtida através da conversão direta da luz solar em eletricidade por meio do efeito fotovoltaico, é considerada uma fonte de energia alternativa, renovável, limpa e sustentável. Devido à crescente demanda de energias renováveis, a fabricação de células solares e instalações fotovoltaicas têm aumentado, significativamente, nos últimos anos.

Graças a este crescimento, seu custo baixou e tem sido otimizado elevando assim, a eficiência e conseguindo que o custo médio de geração elétrica seja competitivo com as demais fontes de energia convencionais num crescente número de regiões.

Em artigo publicado no Estadão, o presidente da ABNT, Mario William Esper e o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Ronaldo Koloszuk ressaltaram os pilares de crescimento desse tipo de energia e a questão dos benefícios de utilizar energia limpa para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU, que fazem parte dos temas estratégicos tratados pela ABNT, que por sua vez, tem trabalhado em conjunto com os organismos internacionais de normalização para que normas técnicas sobre o assunto sejam elaboradas, contribuindo assim com o desenvolvimento, inovação, implantação e descarte correto desse tipo de energia.

Segundo Mario William Esper, a ABNT está se organizando juntamente com a Absolar para criar um grupo de especialistas e interessados no assunto para discutirem sobre a normalização fotovoltaica.

Clique aqui e confira o artigo na íntegra.