A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (Abcon) assinaram Acordo de Cooperação, no dia 18 de março, durante evento virtual conduzido pelo presidente Mario William Esper.

 

A parceria tem o objetivo de oferecer suporte à Secretaria Técnica do Comitê Brasileiro de Saneamento Básico (ABNT/CB-177), para atendimento das demandas por normalização do setor. Em sua saudação, Esper destacou que a atualização e a elaboração de normas se fazem necessárias, tendo em vista o novo Marco Legal do Saneamento Básico, que tem a meta de universalizar e qualificar a prestação dos serviços no setor até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenham acesso à água potável e 90% ao tratamento e coleta de esgoto.

 

“O setor de saneamento necessita de sistemas inovadores tanto na gestão, como em produtos e sistemas construtivos”, ressaltou Esper.

 

Por sua vez, o presidente do Conselho de Administração da Abcon, Carlos Henrique da Cruz Lima, declarou que a entidade vem trabalhando para fornecer saneamento a 60 milhões e brasileiros e atender os 35 milhões que não têm água potável. “A normalização precisa acompanhar este movimento”, alertou.

 

A cooperação entre a ABNT e a Abcon foi elogiada pelo Secretário Nacional de Saneamento, Pedro Maranhão e pelo diretor da área de Hidrologia da Agência Nacional de Águas (ANA), Victor Saback, como forma de promover com mais rapidez e qualidade a universalização do saneamento.

 

Novo gestor do ABNT/CB=177, Giancarlo Ronconi falou da importância de se aperfeiçoar as normas técnicas, tornando-as ferramentas para o desenvolvimento do setor. Já o vice-presidente da ABNT, Amilton Mainardi, ressaltou que a união de forças das duas organizações trará resultados positivos para o povo brasileiro, com a atualização de 138 normas técnicas.

 

Logo após a assinatura do Acordo a entidade assumiu a Coordenação do ABNT/CB-177. que tem o seguinte âmbito de atuação: Normalização no campo do saneamento básico, compreendendo tratamento e abastecimento de água; coleta, tratamento e disposição de esgoto doméstico e de efluentes industriais; aterros para resíduos industriais e sólidos; tubos e conexões; fossas sépticas, tubulações e conexões, no que concerne aos requisitos, métodos de ensaio, projetos e procedimentos para execução, instalação e manutenção dos serviços. 

 

A Abcon reúne empresas privadas prestadoras de serviços públicos de água e esgoto, bem como outras organizações ligadas direta ou indiretamente à cadeia produtiva do setor de saneamento básico. Entre os associados estão empresas privadas, nacionais ou estrangeiras, operantes ou que venham a operar no Brasil na prestação de serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário; holdings privadas nacionais ou estrangeiras que detenham participação societária em empresas que operam serviços públicos de água e esgoto; fundos de investimento e empresas fornecedoras de bens e serviços, como construtoras, fabricantes de máquinas, equipamentos e materiais, empresas de consultoria econômica, jurídica e de engenharia.

 

 

Assista como foi a reunião clicando aqui https://youtu.be/RpoeKNnp3yM