Ricardo Fragoso

A ABNT, representada pelo seu presidente Mario William Esper e equipe da delegação brasileira participou da Assembleia Geral da Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) junto aos seus membros, no último dia 21 de abril. Na ocasião, Ricardo Fragoso, diretor-geral da ABNT e também presidente da Copant conduziu a reunião, que contou com a participação de mais de 100 pessoas. Este ano foi sua última participação como presidente, após quatro anos à frente da Copant.

Na pauta da reunião, a delegação brasileira ressaltou a importância da participação dos países da Copant no recém-criado comitê técnico da ISO de Biodiversidade (ISO/TC 331). O argumento apresentado foi de que em nossa região, países como Brasil, Colômbia, México, Peru, Equador, Bolívia, entre outros estão entre os países com maior biodiversidade do planeta. Sendo assim, as Normas Internacionais para Biodiversidade permitirão que as organizações contribuam diretamente para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Foi também solicitado à Copant a criação de Grupo Focal para Biodiversidade sob coordenação da ABNT, com o objetivo de promover a discussão do tema na região, contribuindo para uma melhor defesa dos  interesses do Brasil no debate internacional.

Além deste assunto, outro ponto importante apresentado durante a Assembleia Geral foi a igualdade de gênero. É imprescindível que os membros da região trabalhem esse tema, que é o ODS 5 – Igualdade de Gênero, cujo objetivo visa alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

Ao final, foi apresentando o resultado das eleições para o período 2021-2023. A ABNT foi reconduzida, mais uma vez, para o Conselho de Administração da Copant confirmando a força da normalização brasileira nas Américas. Confira os eleitos:

  • Presidente: Osvaldo Petroni (Argentina)
  • Vice-presidente: Maurício Céspede (Costa Rica)
  • Tesoureiro: José Duran (Bolívia)
  • Conselheiros eleitos - período 2021-2023: ANSI (Estados Unidos); BNSI (Barbados); NC (Cuba); ABNT (Brasil); ICONTEC (Colômbia)