Foi realizado nos dias 14, 16 e 18 de junho, o I Workshop Internacional ISO 56000 – Normas de Sistema de Gestão da Inovação, cujo objetivo foi de proporcionar a interação entre participantes e palestrantes, reunindo diferentes pontos de vista, conhecimentos, experiências e casos acerca de como as organizações podem ser inovadoras o suficiente para lidar com as dificuldades impostas por um mundo cada vez mais incerto.

Mario William Esper, presidente da ABNT fez a abertura no dia 14 e ressaltou que Inovação é cada vez mais uma das molas propulsoras dos negócios das empresas que buscam referências para sistematizar ações e iniciativas, que impactam na competitividade. Atendendo a esta demanda de mercado mundial, a ISO criou o Comitê ISO/TC 279 – Innovation Management, que conta com mais de 62 países envolvidos, inclusive o Brasil, além de organizações como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) e a Organização Mundial do Comércio –(OMC), para desenvolver Normas Internacionais para gestão da inovação: a famosa família ISO 56000. “É importante destacar que não se trata de normalizar inovação, mas sim, estabelecer diretrizes consensuais para processos que apoiam inovação nas organizações, em particular para a necessidade de sistematizar esforços nas atividades que buscam potencializar os resultados positivos que estas organizações visam alcançar”, complementou Esper.

O Brasil está diretamente engajado nos trabalhos do Comitê Internacional ISO/TC 279 através da Comissão de Estudo de Gestão da Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) - ABNT/CEE-130, e tem participado ativamente, desde 2014, do desenvolvimento dos documentos internacionais, o que tem proporcionado a oportunidade de contribuir com técnicas mais aplicáveis e benéficas aos interesses das organizações nacionais. Entre os textos, atualmente em desenvolvimento, estão temas relevantes como Propriedade Intelectual, Certificação do Sistema de Gestão e Inovação Colaborativa, que consiste na cooperação de empresas, fornecedores e clientes desenvolvendo inovações.

Hoje, a ABNT possui as seguintes normas brasileiras que tratam sobre o tema:

ABNT NBR 16500: 2012 - Atividades para gestão da pesquisa, do desenvolvimento e da inovação (PDI) — Terminologia;

ABNT NBR 16501:2011 - Diretrizes para sistemas de gestão da pesquisa, do desenvolvimento e da inovação (PDI);

ABNT NBR 16502:2012 - Gestão da pesquisa, do desenvolvimento e da inovação (PDI) — Diretrizes para elaboração de projetos de PDI;

ABNT NBR ISO 56002:2020 - Gestão da inovação - Sistema de gestão da inovação – Diretrizes, que foi a primeira norma da série 56000 a ser adotada como brasileira.

Neste momento, a Comissão de Estudo está em processo de adoção da ABNT NBR ISO 56000 e 56003.

Para acompanhar como foi cada dia, clique nos links abaixo:

Dia 1 – Workshop Internacional ISO 56000

Dia 2 - Workshop Internacional ISO 56000

Dia 3 - Workshop Internacional ISO 56000