A Prefeitura de Araçatuba (SP) sediou, nesta sexta-feira (20/08), uma reunião de alinhamento e apresentação da iniciativa

O projeto piloto a ser realizado em Araçatuba (SP) tem por objetivo oferecer o acesso à prática da Equoterapia para 20 crianças matriculadas na rede pública municipal diagnosticadas com Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), com agravamento em virtude do período de isolamento social, imposto pela pandemia da Covid-19. Nesse contexto, a Equoterapia irá auxiliar no processo de aprendizado escolar, bem como na ressocialização, contribuindo com a fortalecimento da autoestima e autoconfiança afetadas pelo período de isolamento social, imposto pela pandemia covid-19. A faixa etária a ser atendida é de 8 e 9 anos, com atendimentos uma vez por semana, sempre às sextas-feiras.

A iniciativa envolve a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), a Associação Nacional de Equoterapia (ANDE-Brasil), a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) - que desenvolverá a normalização internacional e nacional da Equoterapia -, o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), a Prefeitura de Araçatuba (SP), através das secretarias municipais de Educação e de Saúde, com participação do Centro de Apoio Educacional Especializado e Multidisciplinar (CAEMA) e do Centro de Atenção Integral à Criança e Adolescente (CAICA), o HC Centro de Equoterapia de Araçatuba, o Centro de Equoterapia GF (Penápolis) e o Centro de Equoterapia Cavalcare (Birigui).

Participaram da reunião o superintendente geral da ABQM, Manuel Rossitto, o presidente do Conselho de Administração da ABQM, Carlos Eduardo Faraco Braga, a coordenadora do projeto piloto, Aline Passos, o presidente da ABNT, Mario William, o prefeito Dilador Borges, a vice-prefeita Edna Flor, a secretária municipal de Saúde, Carmem Guariente, o secretário de Governo, Arnaldo Vieira Filho (Dindo), o presidente do Siran, Fabio Brancato, a diretora do HC Centro de Equoterapia de Araçatuba, Carolina Rubio Vicentini, além de servidores das secretarias municipais de Saúde e Educação.

A Equoterapia

A Equoterapia ou terapia assistida por equinos é um método terapêutico que utiliza o cavalo por meio de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência. A prática é uma das prioridades da ABQM. O método visa benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais e está indicada para os seguintes quadros clínicos: doenças genéticas, neurológicas, ortopédicas, musculares e clínico-metabólicas; sequelas de traumas e cirurgias; doenças mentais, distúrbios psicológicos e comportamentais; distúrbios de aprendizagem e de linguagem.

Fonte: ABQM