A ABNT, representada por seu presidente Mario William Esper, marcou presença na abertura do 32º Encontro Técnico da AESabesp – Congresso Nacional de Saneamento e Meio Ambiente promovido pela Associação dos Engenheiros da Sabesp – AESabesp, e que teve como tema “O Saneamento Ambiental no Mundo em Transformação”.

Diversas autoridades, além de presidentes de outras entidades e associações participaram do evento, como: Marcos Penido– Secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, representando o Governador João Doria; Ricardo Torres- Diretor Presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo, representando o Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes; Marcos Monteiro– Secretário de Infraestrutura e Obras do Município de São Paulo; Ricardo Borsari, Diretor Metropolitano da SABESP, representado o presidente Benedito Braga; Rodrigues Vasquez- Coordenador de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, representando o Secretário Marcos Penido, após a sua saída; Mônica Porto – Diretora de Sistemas Regionais da Sabesp; Adriano Stringuini –Diretor de Gestão Corporativa da Sabesp; Luciomar Santos Werneck - Presidente da Comissão Organizadora do Encontro Técnico AESabesp e Fenasan, Diretor da FENASAN e Diretor de Inovações da AESabesp; Olavo Alberto Prates Sachs - Diretor do Encontro Técnico e Diretor Técnico da AESabesp; Neuri Freitas - Presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (AESBE); Renato Archanjo de Castro – Diretor-Geral da Mutua - Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA – Conselho Regional de Engenharia; Claudia Aparecida Ferreira Sornas Campos – Diretora Financeira da Mutua; Ronaldo Florentino dos Santos – Diretor Administrativo da Mutua; Mario William Esper, Presidente da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas; Aparecido Hojaij -Presidente da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (ASSEMAE); Paulo Ferreira- Presidente do Instituto de Engenharia; e João Carlos Marchesan - Presidente da ABIMAQ.

O tema saneamento tem sido muito discutido devido ao Marco Legal do Saneamento Básico, que entrou em vigor no dia 15 de julho de 2020, e que exige normas atuais e que deem suporte aos investimentos.

A ABNT, sempre antenada e preocupada com as mudanças no setor que devem acontecer cada vez mais rapidamente, firmou no ano passado com a Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (ABCON), um acordo de cooperação com o objetivo de avançar na atualização das normas do setor de saneamento no Brasil. A ABNT possui 302 normas publicadas pelo Comitê de Saneamento (ABNT/CB-177), sendo que grande parte dessas normas estão com idades entre 20 e 40 anos e precisam ser atualizadas.

“A atualização e a elaboração de novas normas se fazem necessárias para preparar o setor. O Novo Marco Legal de Saneamento Básico - que devemos comemorar – vai universalizar e qualificar a prestação dos serviços no setor. Nosso objetivo é trazer para o Brasil padrões atualizados, modernos e competitivos”, comenta Mario William Esper, Presidente da ABNT.

O grande objetivo do acordo firmado entre as duas entidades é que a ABCON dê suporte à Secretaria Técnica do Comitê Brasileiro de Saneamento Básico (ABNT/CB-177), visando ao atendimento das necessidades de normalização desenvolvidas pelo setor. A universalização dos serviços de água tratada e esgotamento sanitário precisa de ações em conjunto para ser alcançada. Por congregar empresas privadas prestadoras de serviços públicos de água e esgoto, bem como outras empresas ligadas direta ou indiretamente à cadeia produtiva do setor de saneamento básico, a ABCON terá o papel de trabalhar pelo desenvolvimento da normalização brasileira, identificando as partes interessadas, divulgando atividades do ABNT/CB-177, mantendo interessados informados e detectando junto a essas partes necessidades de normalização referentes ao Comitê.